Segunda, 08 de Março de 2021
51993949307
Geral Sérgio Moro

Em nota delirante, Moro critica STF e diz que nunca foi imparcial em processos contra Lula

Confira abaixo a nota na íntegra

09/02/2021 20h32
Por: Redação Fonte: DCM
Em nota delirante, Moro critica STF e diz que nunca foi imparcial em processos contra Lula

O ex-juiz Sergio Moro se pronunciou, por meio de nota oficial, sobre o julgamento realizado nesta terça-feira (9) no STF (Supremo Tribunal Federal) que garantiu à Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva o acesso às conversas e esquemas que o ex-ministro de Jair Bolsonaro montou com procuradores da extinta Operação Lava Jato para condenar o ex-presidente.

Ainda que as conversas evidenciem todas as bizarrices processuais cometidas por Moro e pelos procuradores – tais como combinar datas para peticionamentos de recursos judiciais e combinação de estratégias contra a Defesa – o ex-juiz insiste em dizer que nenhuma das mensagens “retrata fraude processual, quebra da imparcialidade ou qualquer ato ilegal ou reprovável”.

Continua depois da publicidade

Leia, abaixo, a íntegra da nota do ex-juiz:

Sobre o julgamento da 2ª Turma do STF que, por maioria, liberou o acesso das supostas mensagens obtidas por meios criminosos à defesa do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva:

Continua depois da publicidade

1 – A Operação Lava Jato foi um marco no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro no Brasil e, de certo modo, em outros países, especialmente da América Latina, colocando fim à generalizada impunidade destes crimes;

2 – A Operação Laja Jato foi um trabalho institucional, envolvendo todo o sistema de Justiça e órgãos acessórios. Também exigiu uma grande dose de sacrifício pessoal dos indivíduos que nela atuaram;

3 – Lamenta-se que supostas mensagens obtidas por violação criminosa de dispositivos de agentes da lei possam ser acessadas por terceiros, contrariando a jurisprudência e as regras que vedam a utilização de provas ilícitas em processos;

Continua depois da publicidade

4 – Nenhuma das supostas mensagens retrata fraude processual, incriminação indevida de algum inocente, sonegação de prova, antecipação de julgamento, motivação político-partidária, quebra da imparcialidade ou qualquer ato ilegal ou reprovável.

Sergio Fernando Moro

Curitiba, 09 de fevereiro de 2021

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias