Quinta, 04 de Março de 2021
51993949307
Geral Bolsonaristas

Acha que já viu de tudo? Bolsonaristas pedem de joelhos soltura de Silveira na porta da PF

Quando você imagina que já viu de tudo, bolsonaristas conseguem te surpreender – e não de uma forma positiva.

19/02/2021 09h21
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Quando você imagina que já viu de tudo, bolsonaristas conseguem te surpreender – e não de uma forma positiva.

Uma imagem que circula nas redes mostra um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pedindo de joelhos a soltura do deputado federal Daniel Silveira (PSL-DF) na porta da Polícia Federal do Rio.

Continua depois da publicidade

Ele teve a prisão em flagrante decretada pelo ministro Alexandre de Moraes do STF (Supremo Tribunal Federal) após publicar um vídeo no qual defende a volta do AI-5 e insulta magistrados da Corte.

O deputado deixou a prisão da Polícia Federal para ficar detido no Batalhão Prisional Militar em Niterói, no Rio de Janeiro, onde era cabo.

Continua depois da publicidade

O mandado de Moraes era para ser cumprido imediatamente, por se tratar, segundo o ministro, de flagrante delito. Veja abaixo trechos da ordem:

Continua depois da publicidade

“Vá lá, prende Villas Bôas. Seja homem uma vez na tua vida, vai lá e prende Villas Bôas. Seja homem uma vez na tua vida, vai lá e prende Villas Bôas. Fala pro Alexandre de Moraes, o homenzão, o fodão, vai lá e manda ele prender o Villas Bôas. Vai lá e prende um general do Exército”, disse o deputado, entre outros impropérios, em vídeo divulgado em suas redes (veja abaixo).

Silveira é investigado pelo STF no inquérito sobre o financiamento e organização de atos antidemocráticos em Brasília. Em junho, ele foi alvo de buscas e apreensões pela Polícia Federal e teve o sigilo fiscal quebrado por decisão do ministro Alexandre de Moraes. Ao depor na Polícia, negou todas as acusações.

Também é o mesmo cidadão que teve ser expulso de um avião por não querer usar máscara, e também o mesmo que quebrou placas em homenagem a Marielle Franco.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias