Sábado, 10 de Abril de 2021
51993949307
Geral Imposto

Importação de máscara custa 128% de imposto, enquanto armas são liberadas sem custo no Brasil

Um parceiro da coluna leu no “New York Times” que uma máscara boa contra a Covid-19 é a KN95.

08/03/2021 10h07
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Um parceiro da coluna leu no “New York Times” que uma máscara boa contra a Covid-19 é a KN95. Uma busca na internet o convenceu de que esta máscara não estava disponível no Brasil. Importou então cem delas de um varejista norte-americano, pagando frete aéreo para trazê-las. Tudo ficou em R$1.064,00.

A surpresa se deu quando o entregador disse que faltava pagar mais R$1.205,00 de impostos. “Mas, como”, pensou ele, “um produto essencial sem similar nacional, não é possível!”.

Continua depois da publicidade

Só que era…

Na nota fiscal constava: 60% de imposto de importação, 19,5% de ICMS, 2,4% de Fundo de Combate à Pobreza, 18% de desembaraço aduaneiro. No total, só de impostos e taxas, 128% a mais do que o custo total das máscaras.

Continua depois da publicidade

Concluiu: ” Nesta pátria amada, armas se podem importar sem imposto, mas máscaras de proteção só pagando um imposto absurdo.”(…)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias