Sábado, 10 de Abril de 2021
51993949307
Geral Minas Gerais

Polícia de Minas confirma que vacina aplicada em empresários é, na verdade, soro fisiológico

Laudo da Polícia Federal revelou que as vacinas tomadas as escondidas por empresários de Belo Horizonte em março eram, na verdade, doses de soro fisiológico.

01/04/2021 16h32
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Laudo da Polícia Federal revelou que as  vacinas tomadas as escondidas por empresários de Belo Horizonte em março eram, na verdade, doses de soro fisiológico.

Na útlima terça-feira (30) agentes da PF realizaram um mandado de busca e apreensão na casa da enfermeira que aplicou as supostas doses da vacina, que supostamente eram da Pfizer . No local, foram encontrados diversos recipientes com o soro fisiológico.

Continua depois da publicidade

Segundo informações da GloboNews, os empresários que furaram a prioridade do Plano nacional de vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), foram vítimas de um golpe, já que a perícia feita pela Polícia indicou que a descrição do rótulo do líquido aplicado se trata de uma solução de cloreto de sódio, soro fisiológico.

(…)

Continua depois da publicidade

PS: Ricardo Abreu, da GloboNews, deu mais algumas informações sobre o laudo no Twitter.

“Gente, vamos lá! Preferi deletar o tweet e escrever melhor aqui pra não haver engano: O laudo pericial da polícia de Minas confirma que parte do material apreendido com falsa enfermeira que teria vacinado empresários em BH é soro fisiológico.

A confusão se deu na hora de divulgar o laudo. ‘Os resultados dos exames são compatíveis com a descrição contida no rótulo do produto, ou seja, que o mesmo se trata de produto farmacêutico denominado soro fisiológico (solução cloreto de sódio)’, diz o documento.

Continua depois da publicidade

Uma atualização do caso, que pode frear nossa reação, por aqui: O laudo da polícia de Minas diz que soro fisiológico é parte do material apreendido com a falsa enfermeira. O laudo não diz, claro, qual conteúdo foi aplicado nas pessoas. Fato é que ainda não acharam nenhuma vacina”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias