Sábado, 10 de Abril de 2021
51993949307
Geral Silas Malafaia

Igreja de Malafaia pede ‘greve de fome’ a fieis para pressionar STF

''Satanás quer impedir que as igrejas abram'', pregou um dos três pastores que se revezaram na manhã de ontem no púlpito de um culto presencial na igreja neopentecostal Advec

07/04/2021 11h01
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

“Satanás quer impedir que as igrejas abram”, pregou um dos três pastores que se revezaram na manhã de ontem no púlpito de um culto presencial na igreja neopentecostal Advec (Assembleia de Deus Vitória em Cristo), na zona leste de São Paulo, liderada pelo pastor bolsonarista Silas Malafaia.

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) decide hoje sobre a presença de público em cultos religiosos durante a pandemia do novo coronavírus. A Corte deve resolver o impasse após decisões conflitantes dos ministros Kassio Nunes e Gilmar Mendes. Mesmo com o imbróglio, a Advec programou quatro celebrações para esta semana, todas às 18h.

Continua depois da publicidade

A exceção foi o culto de ontem, a “Manhã com Deus”, iniciado às 9h com direito a pedido de “jejum” pela decisão do Supremo.

Com capacidade para 2.000 pessoas, o galpão transformado em igreja contava com 20 fiéis, bem menos do que os 25% da lotação autorizada por Nunes. Recebidos na entrada por um totem com álcool em gel, os fiéis foram proibidos de tirar a máscara e precisaram respeitar a regra: para cada cadeira ocupada, a seguinte deveria estar vazia.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias