Quarta, 21 de Outubro de 2020
51993949307
Educação Ensino

Sala de aula de colégio no Recife 'decorada' com símbolo do nazismo gera polêmica na internet

De acordo com instituição de ensino, a suástica nazista foi utilizada na aula com o objetivo de tornar mais dinâmico o ensino sobre regimes totalitários.

14/01/2019 10h11 Atualizada há 2 anos
Por: Folha Fonte: G1
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Uma aula de história sobre o nazismo em uma escola do Recife causou polêmica nas redes sociais devido à 'decoração' da sala. Na publicação feita pelo Colégio Santa Emília no dia 6 de abril, a instituição mostra fotos das faixas vermelhas com a suástica, símbolo do nazismo alemão, para uma aula sobre regimes totalitários. Na postagem, apagada nesta terça-feira (11), a escola explicava que a aula foi ministrada para alunos do terceiro ano do ensino médio da unidade localizada no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da capital pernambucana. (Veja vídeo acima)

Segundo o advogado do colégio, Denes Menezes, a iniciativa teve a finalidade de mostrar a característica propagandista do governo. “De forma alguma o professor teve como intuito a divulgação do nazismo", esclarece o defensor. A publicação das fotos da aula nas redes sociais, segundo a escola, foi estrategicamente retirada da internet devido a comentários agressivos feitos na postagem.

Continua depois da publicidade

Antes de as fotos serem apagadas, internautas demonstraram contrariedade à iniciativa do professor, indicando apologia ao nazismo devido à quantidade de suásticas exibidas em sala. Pais e alunos do colégio, por outro lado, afirmaram que a aula não teve o objetivo de divulgar o regime totalitarista e que o professor responsável pela aula tem o costume de fazer aulas dinâmicas.

De acordo com a lei federal nº 9.459/1997, o ato de “fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo” gera uma pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa. “Nesse artigo, o intuito é [penalizar] o dolo, quando a pessoa tem o fim específico de divulgar, de propagar o nazismo. Não há ilicitude quando o uso tem fins didáticos ou artísticos”, argumenta o advogado.

Continua depois da publicidade

Por meio de nota, o Colégio Santa Emília informou que a aula sobre regimes totalitários desenvolveu-se em "um ambiente temático, com o intuito de torná-la mais dinâmica e interativa, oferecendo aos alunos uma experiência mais diferenciada". Ainda segundo o texto, "em momento algum cogitou-se a possibilidade de defender, pregar ou incitar a ideologia do regime nazista. Pelo contrário, o professor trouxe à tona o horror dos regimes totalitários e o quanto é importante a democracia".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias