Segunda, 17 de Maio de 2021
51993949307
Geral Daniel Silveira

STF deve aceitar denúncia e colocar Daniel Silveira no banco dos réus

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve, na tarde desta quarta-feira, 28, colocar no banco dos réus o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ)

28/04/2021 14h36
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve, na tarde desta quarta-feira, 28, colocar no banco dos réus o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), denunciado por divulgar um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) e discurso de ódio contra integrantes da Corte. O placar, que deve ser elástico a favor do recebimento da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), vai marcar mais uma defesa do Supremo frente a insultos e tentativas de intimidação.

Silveira foi enquadrado pela PGR por grave ameaça (crime tipificado no Código Penal) e incitar a animosidade entre o tribunal e as Forças Armadas – delito previsto na Lei de Segurança Nacional (LSN). A legislação, em vigor no País desde a ditadura, é contestada em cinco ações que tramitam no STF. A Câmara também discute sua revogação.

Continua depois da publicidade

O Supremo, no entanto, não vai se debruçar desta vez sobre a validade da LSN, e sim examinar se há indícios de que o parlamentar cometeu crime previsto na legislação.

 

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

A denúncia da PGR foi apresentada logo após o plenário do Supremo confirmar, por unanimidade, a prisão de Silveira, determinada por Moraes um dia antes, na terça-feira de carnaval. O episódio marcou a primeira crise entre o STF e o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL). Em março, Moraes colocou Silveira em prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica. Ele tem acompanhado, de casa, as sessões da Câmara.

Continua depois da publicidade

O passo seguinte ao recebimento da denúncia será a abertura de uma ação penal para aprofundar as investigações, que poderão levar à condenação ou absolvição do deputado. O caso de Silveira está sendo analisado pelo Supremo já que o parlamentar possui prerrogativa de foro perante o tribunal.

(…)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias