Segunda, 17 de Maio de 2021
51993949307
Geral Paulo Guedes

Guedes diz que universidades ensinam Paulo Freire e ''sexo para criança de 5 anos''

Sem saber que era gravado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 27, que “o chinês” criou a covid-19 e ainda produziu vacinas de eficácia mais baixa do que aquelas desenvolvidas por farmacêuticas dos Estados Unidos. 

29/04/2021 16h04
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Sem saber que era gravado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 27, que “o chinês” criou a covid-19 e ainda produziu vacinas de eficácia mais baixa do que aquelas desenvolvidas por farmacêuticas dos Estados Unidos. A fala de Guedes, durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar (Consu), ecoa uma teoria bolsonarista difundida nas redes sociais de que a China desenvolveu o vírus em laboratório com interesses.

Na sequência, o ministro afirmou que há “duas formas de ajudar o pobre”. A primeira, na visão de Guedes, seria “direto na veia”, em referência ao auxílio emergencial. O outro caminho é a “forma antiga de Brasília”, mais indireta, com empréstimo de recurso a banco público, que passaria por outros intermediários até chegar na população. “Um dia, dos R$ 100 que você emprestou, chega R$ 1 no pobre”, afirmou o ministro sem saber que a conversa era transmitida.

Continua depois da publicidade

Para ilustrar a suposta crise na educação pública, Guedes disse que as universidades ensinam “Paulo Freire, sexo para criança de 5 anos” e que há maconha e bebidas nas unidades de ensino mantidas pelo governo.

Ao defender novo caminho para o financiamento da saúde, Guedes disse que um “voucher” poderia ser distribuído para a população usar até mesmo hospitais privados. “Você é pobre? Você está doente? Está aqui seu voucher. Vai no Einsten se você quiser”, afirmou o ministro, em referência ao Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias