Terça, 15 de Junho de 2021
51993949307
Geral CPI

Defensora da cloroquina, Nise Yamaguchi foi expulsa do Einsten e queria isolamento vertical contra a Covid

A médica Nise Yamaguchi voltou ao noticiário após o diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, dar duas declarações bombásticas na CPI da Covid no Senado

11/05/2021 14h00
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

A médica Nise Yamaguchi voltou ao noticiário após o diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, dar duas declarações bombásticas na CPI da Covid no Senado: a primeira é de que é contra o tratamento precoce da doença com cloroquina.

A segunda é a confirmação de que teria participado de uma reunião no Palácio do Planalto com Bolsonaro, o então ministro da Saúde, Henrique Mandetta, a médica e um outro profissional do qual não recordou o nome com objetivo de mudar a bula da droga que não tem comprovação científica para o tratamento do coronavírus.

Continua depois da publicidade

Nise Yamaguchi, que admitiu ter sido expulsa do hospital Albert Einstein, em São Paulo, por causa da defesa intransigente da cloroquina, foi cotada para substituir Mandetta após a saúda do médico e ex-deputado do minustério da Saúde.

Em várias oportunidades, defendeu o tratamento com a cloroquina.

Continua depois da publicidade

Chegou a liderar um grupo de profissionais médicos em favor da droga e foi uma das responsáveis por conquistar a flexibilização da legislação do Conselho Federal de Medicina (CFM) para facilitar a prescrição do medicamento, conforme desejo dos médicos e dos pacientes.

Bolsonaro sempre usou os argumentos de Nise para defender o uso da substância em pacientes com o vírus da covid.

Colocou inclusive os laboratórios das Forças Armadas para produzir o remédio para reforçar os estoques.

Continua depois da publicidade

“[Os médicos] têm obrigação de usar, mesmo de forma preliminar, com o maior controle possível, as medicações que estão disponíveis”, sempre defendeu a profissional, alegando que a medicação é mais efetiva quando usada no início da infecção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias