Terça, 15 de Junho de 2021
51993949307
Geral Ricardo Salles

Alvo de operação, Salles não entregou celular a policiais

Alvo de uma operação da Polícia Federal na semana passada, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não teve seu celular apreendido

24/05/2021 09h25
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Alvo de uma operação da Polícia Federal na semana passada, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não teve seu celular apreendido. Durante a ação, os policiais pediram que ele entregasse o seu aparelho, mas Salles afirmou que estava sem o celular. A PF não encontrou o endereço da residência do ministro em Brasília e, por isso, só pediu que entregasse o celular quando Salles chegou ao prédio do ministério, que era alvo de buscas.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes autorizou a apreensão do celular e de aparelhos eletrônicos de Salles. A não apreensão do telefone deve atrapalhar as investigações.

Continua depois da publicidade

Segundo envolvidos na investigação, os policiais não conseguiram identificar o endereço de Salles em Brasília, por ele não residir em nenhum local declarado em sistemas e fontes de informação às quais a PF têm acesso. A opção dos policiais foi, então, não fazer uma ação mais ostensiva para descobrir o endereço, a fim de evitar que houvesse riscos de vazamentos envolvendo a investigação.

Mesmo sem entregar o aparelho à PF, Salles desativou seu telefone desde quarta-feira passada, quando a operação foi deflagrada. O ministro substituiu seu número e também o aparelho. Procurado, Salles não quis se manifestar.

Continua depois da publicidade

(…)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias