Terça, 15 de Junho de 2021
51993949307
Geral Bolsonaro

Em meio à campanha de imunização contra Covid, Bolsonaro compara vacinas com hidroxicloroquina: 'Experimental'

Bolsonaro voltou a repetir hipótese de supernotificação de mortos, sem provas

10/06/2021 16h03
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Um dia depois do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmar que não há eficácia comprovada para a hidroxicloroquina, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender seu uso. Em discurso feito em evento com igrejas evangélicas em Anápolis, Bolsonaro comparou a hidroxicloroquina com as vacinas aplicadas na população. O presidente sugeriu que também não há comprovação científica da eficácia da vacina, que estaria em fase experimental.

Apesar da declaração do presidente, a eficácia de todas as vacinas foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Testes realizados em milhares de pacientes apresentaram uma diminuição na chance de contrair a doença. No caso da hidroxicloroquina, diversas pesquisas já apontaram que o medicamento não é eficaz contra a Covid-19.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias