Terça, 27 de Julho de 2021
51993949307
Geral Moraes

Moraes abre novo inquérito no STF contra bolsonaristas por organização criminosa

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), instalou um inquérito para apurar a existência de uma organização criminosa digital comandada por bolsonaristas.

01/07/2021 16h10
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), instalou um inquérito para apurar a existência de uma organização criminosa digital comandada por bolsonaristas.

Moraes arquivou o inquérito sobre os atos antidemocráticos ocorridos no início do ano passado.

Continua depois da publicidade

De acordo com o ministro, a nova investigação vai analisar “a presença de fortes indícios e significativas provas apontando a existência de uma verdadeira organização criminosa, de forte atuação digital e com núcleos de produção, publicação, financiamento e político absolutamente semelhante àqueles identificados no Inquérito 4.781, com a nítida finalidade de atentar contra a Democracia e o Estado de Direito”.

O inquérito terá prazo inicial de 90 dias e será conduzido pela mesma equipe que apurava os atos antidemocráticos.

Continua depois da publicidade

Todos os parlamentares investigados são do PSL. Veja os nomes:

Alê Silva, deputada (PSL-MG)

Aline Sleutjes, deputada (PSL-PR)

Continua depois da publicidade

Bia Kicis, deputada (PSL-DF)

Carla Zambelli, deputada (PSL-SP)

Caroline de Toni, deputada (PSL-SC)

Continua depois da publicidade

General Girão, deputado (PSL-RN)

Guga Peixoto, deputado (PSL-SP)

Junio Amaral, deputado (PSL-MG)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias