Quarta, 22 de Setembro de 2021
51993949307
Geral Sérgio Reis

''O disco não existe mais'': como Bolsonaro arruinou a carreira de Sérgio Reis

O projeto morreu porque os músicos cancelaram suas participações após a pregação do sertanejo contra a democracia e ataques ao STF

25/08/2021 15h43
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Marco Bavini foi categórico. “O disco não existe mais”.

Bavini é filho de Sérgio Reis e produtor do álbum de parcerias do pai com outros artistas.

Continua depois da publicidade

O projeto morreu porque os músicos cancelaram suas participações após a pregação do sertanejo contra a democracia e ataques ao STF.

Sergio Reis teve a casa revistada pela Polícia Federal, se disse velho e pediu desculpas.

Continua depois da publicidade

Bolsonaro, que o envolveu nessa esparrela, também acabou recuando, não a ponto de pedir desculpas, mas de conter rompantes golpistas– o recuo em relação ao impeachment de Luis Barroso, do TSE, é o exemplo da hora.

De seis cantores que haviam sido anunciados, segundo o g1, cinco cancelaram suas participações no disco de Sérgio Reis: Zé Ramalho, Maria Rita, Guilherme Arantes, Guarabyra e Anastácia.

Paula Fernandes disse que continuaria no álbum.

Continua depois da publicidade

Reis é investigado pelos crimes 147, 163 e 262

O cantor é investigado pelos crimes 147, 163 e 262 do Código Penal, relativos a ameaça, destruição de coisa alheia e atentado contra a segurança.

Bolsonaro arruinou sua carreira para sempre.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias