Quarta, 22 de Setembro de 2021
51993949307
Geral Colégio Militar

Colégio Militar de BH faz alunos passarem mal com treinamento para receber Braga Netto

Alunos de 11 a 18 anos denunciam que ficaram horas embaixo de sol forte, sem poder beber água ou ir ao banheiro, para a preparação de um evento que contará com a presença do ministro da Defesa; alguns chegaram a desmaiar

13/09/2021 13h34
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Denúncias feitas por pais de alunos e pelos próprios estudantes, além de imagens obtidas pela TV Globo, dão conta de que a direção do Colégio Militar de Belo Horizonte submeteu crianças e adolescentes de 11 a 18 anos a um treinamento exaustivo e autoritário que fez muitos passarem mal.

O portal G1 fala em ao menos 20 alunos que precisaram de atendimento médico, sendo que alguns chegaram a desmaiar.

Continua depois da publicidade

Segundo as denúncias, o caso aconteceu nesta quinta-feira (9) durante um treinamento que serviria de preparação para um evento de aniversário do colégio a ser realizado no sábado (11). A comemoração contará com a presença do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, que é ex-aluno da unidade.

As crianças e adolescentes teriam sido obrigadas a ficar por mais de 3 horas de pé, embaixo de sol forte, e proibidas de ir ao banheiro ou beber água.

Continua depois da publicidade

“Nunca foram tão longos e cansativos, treinaram os mínimos detalhes. A grande maioria do pessoal ficou com muita dor, foi algo bem desgastante, ainda mais para criança e adolescente”, disse um dos estudantes, que preferiu não se identificar, ao jornal O Tempo.

“Estava muito seco e o sol estava cada vez mais quente. Então, muitos alunos acabaram passando mal porque a gente fica o tempo todo em pé fazendo sentido, escutando as orientações. Então foi desconfortável para muita gente, principalmente pros menores do sexto e sétimo ano”, relatou outra aluna ao portal G1.

Em nota, o Colégio Militar de Belo Horizonte negou as denúncias.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias