Terça, 26 de Outubro de 2021
51993949307
Geral Lobista

Lobista da Precisa ''vendeu'' cargo no governo Bolsonaro por R$ 400 mil

No esquema, ele avisava o pretendente ao cargo qual autoridade ia encontrar e pedia adiantamento

17/09/2021 11h42
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

 

Continua depois da publicidade

O lobista da Precisa Medicamentos, Marconny Albernaz Faria, “vendeu” cargo no governo Bolsonaro por R$ 400 mil. Ele cobrou o valor para indicar Márcio Roberto Teixeira Nunes para um cargo no Instituto Evandro Chagas.

No esquema, ele avisava o pretendente ao cargo qual autoridade ia encontrar e pedia adiantamento. Entretanto, o indicado do lobista foi preso em operação que investigava R$ 1,6 milhão em propinas, segundo o blog de Octavio Guedes no G1.

Continua depois da publicidade

Lobista também cobrava para encontrar advogada do presidente

Marconny cobrou R$ 40 mil de um cliente para se encontrar com Karina Kufa, advogada de Bolsonaro. Ele também contava com duas outras pontes com o governo: a própria família, por meio de Jair Renan e Ana Cristina Valle, um senador, que ele não revelou o nome.

Marcony já pediu à ex-mulher do presidente que articulasse um nome na lista tríplice da da defensoria pública geral federal.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias