Terça, 26 de Outubro de 2021
51993949307
Geral Arthur Lira

Políticos ficaram revoltados ao ver Lira com Bolsonaro: ''Vendido''

Em comemoração aos mil dias de governo, presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marcou presença nesta terça-feira (28) em evento ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

29/09/2021 09h02
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Em comemoração aos mil dias de governo, presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marcou presença nesta terça-feira (28) em evento ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). O mandatário e seu aliado participaram da entrega de 400 casas do Residencial Dr. Marcelo Vilela, em Teotônio Vilela, interior de Alagoas.

O episódio, no entanto, virou alvo de críticas de políticos, segundo apurou o DCM. Em grupos de WhatsApp de deputados, parlamentares afirmaram que Bolsonaro não passa de um “vendido”.

Continua depois da publicidade

Bolsonaro elogia Lira

O presidente não conteve palavras ao elogiar Lira durante o evento. O ex-capitão na abertura de seu pronunciamento enfatizou sua amizade com o presidente da Câmara e ainda chamou o senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL), que também estava presente, de “meu senador”.

Continua depois da publicidade

“Hoje estou me fazendo acompanhar do meu senador Fernando Collor de Mello e do velho amigo meu de PP, o deputado Arthur Lira”, disse.

Bolsonaro continuou enaltecendo o aliado após a defesa de pautas bolsonaristas e declarações sobre a alta dos combustíveis. O presidente disse que o apoio de Lira ao projeto para fixar o valor do ICMS incidente sobre combustíveis trouxe a ele “um pouco de alento”.

“Fiquei muito feliz de ouvir de Lira que a Câmara deve colocar em votação nesta semana a questão dos impostos estaduais”, declarou o presidente, que chamou, em seguida, a alta de “o problema do dia”.

Continua depois da publicidade

Nesta terça, a Petrobras reajustou o valor do óleo diesel em suas refinarias em R$ 0,25 por litro, alta de 8,9%. “Peço a Deus que ilumine os parlamentares para que aprovem projeto”, acrescentou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias