Terça, 30 de Novembro de 2021
51993949307
Geral Ameaça

Após discurso na COP26, ativista indígena brasileira é ameaçada

Txai Suruí discursou na Conferência Sobre Mudanças Climáticas e afirmou que os líderes políticos “fecham os olhos para a realidade”

03/11/2021 13h37
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

A jovem militante e indígena Txai Suruí discursou na COP26, onde, com uma fala crítica, acusou os líderes mundiais de fecharem os olhos para a realidade.

Porém, a jovem militante revelou que foi ameaçada por brasileiros por conta do seu discurso.

Continua depois da publicidade

“Depois do meu discurso, fui dar algumas entrevistas, muitas pessoas queriam falar comigo, e uma parte brasileira ficou me intimidando. Ele chegou depois em um momento e falou ‘não fala mal do Brasil’, porque a gente está aqui para ajudar’. Me sentir muito intimidada e não foi muito leal”, disse Suruí.

A ativista revelou que não conseguiu identificar a pessoa que a ameaçou. “Foi bem desconfortável. O Brasil, que é um dos países que sempre tiveram no centro dessa discussão, sempre um dos países mais importantes, não tem os seus representantes aqui, do governo”, criticou.

Continua depois da publicidade

Suruí também declaro que não acredita nas promessas do governo Bolsonaro quanto ao meio ambiente. “O Brasil fala que vai colocar os povos indígenas no centro dessa discussão, vai acabar com o desmatamento, mas o que a gente está passando no Brasil é uma enorme pressão dos nossos direitos”.

Assim como apontado pelo relatório final da CPI da Covid, Suruí afirma que os povos indígenas estão sendo exterminados.

“É exatamente isso que a gente está passando, um genocídio… durante a pandemia, perdi duas avós, tios, primos. É sim um genocídio. Tudo o que a gente vem passando, toda invasão, o desmatamento que vem assolando as nossas terras indígenas”, lamentou.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias