Terça, 30 de Novembro de 2021
51993949307
Geral Sigilo

Corpo fechado: Planalto impõe sigilo de 100 anos a exames de anticorpos de Bolsonaro

O Palácio do Planalto impôs 100 anos de sigilo aos exames de anticorpos contra Covid-19 feitos por Jair Bolsonaro

05/11/2021 11h36
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

O Palácio do Planalto impôs 100 anos de sigilo aos exames de anticorpos contra Covid-19 feitos por Jair Bolsonaro. O presidente tem alegado, sem base científica, que não vai se vacinar porque seus testes já mostram taxa de imunoglobulina suficiente para protegê-lo contra o vírus.

A presidência disse que a divulgação das informações violaria “intimidade, vida privada, honra e imagem” do mandatário. Segundo a coluna de Guilherme Amado no Metrópoles, a decisão reforça a suspeita de que o presidente já pode ter se vacinado ou contraído a doença novamente, mas não divulgou as informações.

Continua depois da publicidade

“Eu estou vendo novos estudos, eu estou com o meu, a minha imunização está lá em cima, IgG está 991. Para que eu vou tomar uma vacina?”, afirmou o presidente na rádio Jovem Pan. Ele confirmou que não será imunizado pela vacina.

Planalto já impôs sigilo ao cartão de vacinação de Bolsonaro

Continua depois da publicidade

Em janeiro deste ano, o Palácio do Planalto decretou sigilo de até 100 anos ao cartão de vacinação do mandatário. Com isso, omitiu qualquer informação sobre as doses da vacina que ele recebeu. À época, também foi alegado que as informações “dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” do presidente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias