Terça, 30 de Novembro de 2021
51993949307
Geral Weintraub

Weintraub reincide e é punido pela comissão de Ética Pública da Presidência

O colegiado decidiu, por unanimidade, aplicar uma ''censura ética''

08/11/2021 10h36
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Abraham Weintraub foi punido novamente pela Comissão de Ética Pública da Presidência da República. Ele era acusado de “desvios éticos decorrentes de manifestações grosseiras a usuários de redes sociais” no processo. O colegiado decidiu, por unanimidade, aplicar uma “censura ética”.

A censura ética é uma repreensão incluída no currículo do servidor público. Weintraub tem outras ocorrências deste tipo em seu portfólio.

Continua depois da publicidade

A decisão ocorreu no último dia 25 em reunião da comissão. A informação é da coluna de Lauro Jardim no Globo.

As punições de Weintraub

Continua depois da publicidade

Em 2020, a comissão aplicou uma advertência ao então ministro da Educação por falta de decoro no exercício do cargo. À época, comparou Lula e Dilma Rousseff à cocaína encontrada em avião da FAB (Força Aérea Brasileira). Em outras ocasiões, já recebeu censuras éticas por ter xingado ministros do Supremo e o presidente da França, Emmanuel Macron.

Em setembro deste ano, o ex-ministro também levou uma censura ética por ter ofendido assessores do PT na Câmara. Eles ganharam na Mega-Sena em 2019 e Weintraub sugeriu que seria “quase impossível” que petistas ganhassem dinheiro sem roubar.

Atualmente, Weintraub trabalha no Banco Mundial e não está impedido de assumir cargos públicos. Entretanto, tem uma mancha em seu currículo como servidor público federal.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias