Terça, 30 de Novembro de 2021
51993949307
Geral Chefe da PF

Chefe da PF de Bolsonaro comprou e quitou em 1 ano imóvel de luxo em Miami

Diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Maiurino, comprou e quitou, em 16 meses, um apartamento de US$ 675 mil (R$ 3,5 milhões) em Miami Beach

11/11/2021 09h29
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Maiurino, comprou e quitou, em 16 meses, um apartamento de US$ 675 mil (R$ 3,5 milhões) em Miami Beach. O financiamento foi de US$ 337,5 mil, ou R$ 1,9 milhão no câmbio de hoje, diz a Coluna de Guilherme Amado no Metrópoles.

Imóvel de luxo do chefe da PF bolsonarista

Continua depois da publicidade

O expediente é incomum porque, na modalidade escolhida, Maiurino acabou pagando mais, entre taxas do banco e juros. Por outro lado, a operação desperta menos a atenção das autoridades financeiras dos EUA encarregadas de fiscalizar a origem do dinheiro de compras feitas à vista.

O apartamento foi divulgado primeiro pelo repórter Allan de Abreu.

Continua depois da publicidade

Mas não é só isso que causa estranheza na transação imobiliária feita pelo diretor-geral, em 2016. O salário bruto de um delegado de classe especial da PF, atual posição hierárquica de Maiurino na corporação, é de R$ 31 mil. Em valores líquidos, são cerca de R$25 mil.

Já sua companheira, a funcionária pública Renata Veit, é assessora parlamentar no gabinete do deputado Bacelar, do Podemos da Bahia, desde abril deste ano; ela teve em outubro um rendimento líquido, já com auxílios, de R$ 6,2 mil.

O apartamento de Maiurino, comprado com Veit, fica em um condomínio à beira-mar, chamado Peloro Miami Beach.

Continua depois da publicidade

Para manter a propriedade, é necessário pagar um imposto anual, semelhante ao IPTU, fixado em 1,8% do valor do imóvel, ou seja, US$ 12.150 anuais, levando em conta o montante dispendido pelo casal. No câmbio de hoje, são R$ 66,8 mil — só de IPTU. Assim, quase todo o rendimento anual de Renata seria destinado apenas para esse gasto.

Outro desembolso significativo para manter o apartamento é a taxa de condomínio, que é de cerca de US$ 1 mil por mês, o que equivale a R$ 5,5 mil mensais. São mais R$ 66 mil em gastos para o casal.

Somados os dois gastos, o apartamento custa R$ 132,8 mil por ano.

Continua depois da publicidade

Maiurino se recusou a informar a origem do dinheiro para comprar o apartamento.

O histórico profissional do delegado pouco explica de onde ele teria conseguido os milhões para comprar o imóvel. Ele ingressou na PF em 1998 e, em 2009, virou chefe da Interpol no Brasil. No ano seguinte, ele saiu do cargo para uma posição comissionada no Ministério da Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias