Sábado, 29 de Janeiro de 2022
51993949307
Geral SBT

Genro de Silvio Santos mandou SBT não criticar Bolsonaro por agressão contra jornalistas

O SBT Brasil noticiou a agressão do segurança e do apoiador de Bolsonaro contra jornalistas da Globo e da emissora de Silvio Santos

14/12/2021 10h32
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

O SBT Brasil noticiou a agressão do segurança e do apoiador de Bolsonaro contra jornalistas da Globo e da emissora de Silvio Santos. O telejornal pouco se aprofundou no assunto para falar do tema. Apenas deu alguns detalhes e não fez qualquer condenação ao acontecimento. Postura oposta do canal da família Marinho, que detonou o presidente da República.

Conforme apurou o DCM, Silvio Santos soube do ocorrido e ficou insatisfeito com a situação. Em conversa com o diretor de jornalismo, pediu para que tudo fosse resolvido com Fábio Faria, Ministro das Comunicações. O que seu genro decidisse, ele assinaria embaixo.

Continua depois da publicidade

A direção de jornalismo do SBT gostaria de soltar um comunicado criticando a postura do segurança do chefe do executivo federal. Porém, sem qualquer atribuição ao governante brasileiro. Só que o marido de Patrícia Abravanel não concordou com a ideia do funcionário do canal.

Genro de Silvio Santos pede que SBT Brasil apenas noticie o caso

Continua depois da publicidade

Fábio Faria queria que o principal telejornal da emissora ignorasse o fato. O diretor de jornalismo não aceitou. Falou que aquilo cairia muito mal internamente. Por mais que o canal apoie o Governo Federal, há certas atitudes que não podem ficar silenciadas.

Fábio Faria concordou com a argumentação. Ele pediu alguns minutos para conversar com o presidente. Ao retomar a conversa com a direção de jornalismo do SBT, o Ministro da Comunicação pediu que o caso fosse apenas noticiado. Mas sem qualquer julgamento.

Ele ainda destacou que Bolsonaro e o Ministro da Cidadania, João Roma, “pediram desculpas” pelas agressões. O jornalismo da Casa concordou e a reportagem foi ao ar da maneira em que tudo acabou sendo combinado.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias